fbpx

Como sensibilizar igrejas a pensar e agir em prol do cuidado da criação?

 
Como sensibilizar líderes e igrejas evangélicas para pensar e agir em prol do cuidado da criação de Deus? Essa perguntou foi norteadora para o encontro dos Grupos de Trabalho (GTs) da campanha Renovar Nosso Mundo, que reuniu dezoito pessoas nos dias 23 e 24 de fevereiro, nas dependências do Seminário Teológico Batista Independente, em Campinas, São Paulo.
 
Formados por pessoas de diversos lugares do Brasil e de distintos contextos de atuação, os três grupos de trabalho da campanha focam nas seguintes temáticas: água e energia, resíduos e teologia. O objetivo do encontro foi pensar e elaborar estratégias para o desenvolvimento da campanha em 2019.
 
UM ENCONTRO DE GERAÇÕES
 
Um ponto marcante do encontro foi o momento das apresentações, na parte da manhã do primeiro dia de reunião. “Foi um encontro de gerações. Pessoas com tanta experiência, como o pastor Werner, há mais de 30 anos militando na área ambiental, e pessoas como a Camila, com apenas 22 anos, começando agora com tanta energia e disposição pra esse chamado da igreja para o cuidado com a criação.”, descreveu Simone Vieira, coordenadora de advocacy na Tearfund Brasil.
 
A mais jovem do grupo, a oceanógrafa Camila Andreussi, considerou o encontro muito especial, por causa do contato com pessoas que lutam e trabalham há tanto tempo na área. Ela disse ter se sentido muito encorajada e motivada.
 
As cinco regiões do país estavam representadas na ocasião. Tânia Wutzki, secretária da campanha, também comentou que “um ponto alto foi a oportunidade de conhecer as iniciativas, metodologias e experiências das pessoas, organizações e igrejas presentes. Quanta riqueza e oportunidade de servir”, enfatizou.
 
GRUPOS DE TRABALHO
 
Foram momentos de muito diálogo e troca de experiências com o objetivo de delimitar objetivos. Timóteo Carriker, integrante do GT de Teologia, disse que que o grupo debateu bastante para identificar qual a melhor maneira de transmitir os temas da campanha para pastores e líderes, numa perspectiva bíblica. “Chegamos ao consenso de que a gente precisa trabalhar diversas áreas, sendo uma delas o conhecimento de dados da situação atual do planeta. Outra dimensão que achei muito bacana é trabalhar a parte emotiva. Não adianta só dar informações racionais, estatísticas do mundo e lógica do discurso bíblico, é preciso sensibilizar através de música, de salmos, e outras estratégias”, comentou Carriker.
 
Entre as ações propostas, o GT de Teologia planeja a produção de vídeos temáticos e vídeos com sugestões de livros que abordam assuntos ambientais. O GT de Resíduos, baseado na metodologia “Ver, Julgar, Agir e Colher”, quer sugerir às igrejas fazer um “raio x”, listando tudo o que entra na igreja, avaliando a real necessidade, pensando como e onde serão descartados os resíduos, tudo com o intuito de repensar os hábitos de consumo nas igrejas.
 
Uma rica série de atividades foi proposta pelo GT de Água e Energia, tais como seminários sobre o assunto, grupos de reflexão, intercâmbios, oficinas de boas práticas, materiais para serem usados em liturgias e escolas bíblicas, entre outras.
 
Todas as ações e atividades propostas pelos grupos de trabalho irão compor o plano de ação 2019 da campanha Renovar Nosso Mundo, a fim de que líderes e igrejas evangélicas conheçam e entendam a necessidade de cuidar da criação de Deus, e, principalmente, comecem a colocar em prática boas ações de cuidado ambiental.
 
Foto: Reprodução