fbpx

Conselho de Igrejas dos EUA pede fim das hostilidades entre EUA e Irã

 
O Conselho de Igrejas dos EUA pediu, na última sexta-feira, 3 de janeiro, o fim das hostilidades entre Estados Unidos e Irã. Em nota, a entidade afirmou que o assassinato do general Qasem Soleimani pelos Estados Unidos irá desestabilizar ainda mais toda a região. 
 
“O Conselho Nacional de Igrejas está profundamente preocupado [...] e exorta a liderança iraniana e norte-americana a arrefecer imediatamente as tensões e retornar à mesa de negociações.” O Conselho ainda lamentou a saída unilateral dos EUA do acordo nuclear com o Irã, em maio de 2018: “Vemos esta crise como consequência da lamentável decisão do presidente Trump de se retirar do acordo.”
 
Retirada de tropas estrangeiras
 
O texto também pediu que seja respeitada a integridade territorial do Iraque, bem como a retirada de forças estrangeiras do país. “Apelamos ao respeito pela integridade territorial do Iraque e pedimos a retirada de todas as forças militares estrangeiras daquele país. Reafirmamos nosso compromisso de nos unir aos nossos parceiros ecumênicos em orar e trabalhar pela paz e compreensão nos próximos dias.”
 
A íntegra do documento pode ser lida aqui