fbpx

Primazes da Comunhão Anglicana estão reunidos na Jordânia

 
Líderes de 36 das 40 igrejas-membro da Comunhão Anglicana estão reunidos na Jordânia, Oriente Médio, para um encontro descrito como “uma reunião muito estratégica” antes da Lambeth Conference, que será de entre julho e agosto deste ano. 
 
Lideranças da Comunhão - os(as) arcebispos(as) seniores, moderadores e bispos(as) presidentes das províncias da Igreja Anglicana - iniciaram o encontro nesta segunda-feira, 13 de janeiro, e seguirão até quarta-feira, 15, em sessão formal. Uma reunião preliminar foi realizada no domingo, 12, com os novos Primazes, eleitos ou nomeados para o cargo desde o Primates’ Meeting (Encontro de Primazes) anterior, ocorrido em outubro de 2017.
 
Na quinta-feira, 16 de janeiro, os primazes participarão de peregrinações em dois grupos, começando juntos no local do batismo de Jesus, enquanto outro grupo cruzará a margem oeste do Rio Jordão para visitas a Jerusalém e Belém.
 
A reunião desta semana “faz parte de um processo consideravelmente reflexivo e evolutivo, desde que o arcebispo Justin se tornou arcebispo de Canterbury”, disse um porta-voz durante uma entrevista coletiva à imprensa organizada pelo Anglican Communion Office (Escritório da Comunhão Anglicana). 
 
O porta-voz lembrou que, embora primazes “não tenham um poder de veto na Lambeth Conference”, o arcebispo Justin esteve “comprometido em consultar, ouvir suas opiniões e receber suas contribuições.” E acrescentou: “O arcebispo está muito comprometido com a comunicação com os primazes... ele telefonou para todos os 40 e conversou com eles sobre a reunião e alguns dos assuntos que precisam ser abordados.”
 
Outro item da agenda será um relatório do Grupo de Trabalho que foi estabelecido após o Primates´ Meeting de 2016 visando manter os relacionamentos no interior da Comunhão Anglicana. O porta-voz disse que o Grupo de Trabalho esteve refletindo sobre “como a comunhão com seus diferentes níveis pode ser afetada pelas distâncias” e apresentará sua proposta sobre como na Comunhão se pode continuar caminhando em unidade.
 
CONIC, com informações da ACNS
Foto: Reprodução